Embaixada de Portugal em Estocolmo - Suécia

  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Home Useful Links
Print
There are no translations available.

Suécia: Fontes de informação úteis

 

Informações práticas:

 
Procura de Emprego Clique aqui
Arrendamento de casa Clique aqui
Reconhecimento de habilitações e qualificações Clique aqui

Links úteis:

 
Portal do Governo: www.sweden.gov.se
Parlamento Sueco: www.riksdagen.se
Portal Oficial da Suécia: www.sweden.se
Portal do Turismo na Suécia: www.visitsweden.se
Swedish Trade Council: www.swedishtrade.se/tradewithsweden
Agência de Investimento Sueca: www.isa.se
Instituto Sueco: www.si.se
Estatísticas Suécia: www.scb.se
Banco Nacional sueco: www.riksbank.com
Estudar na Suécia: www.studyinsweden.se
Polícia Sueca: www.polisen.se
Autoridade de Imigração: www.migrationsverket.se
Autoridades Fiscais: www.skatteverket.se
Instituto Nacional de Emprego na Suécia: www.arbetsformedlingen.se
Portal Europeu da Mobilidade Profissional:  http://ec.europa.eu/eures
Embaixada da Suécia em Portugal: www.swedenabroad.com/Start____5591.aspx
Portal de Notícias Suecas em Inglês: www.thelocal.se
Rádio Sueca: www.sverigesradio.se
 

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

Destaques

There are no translations available.

Portugal eleito membro do Conselho dos Direitos Humanos

No dia 21 de outubro de 2014, por votação na Assembleia Geral das Nações Unidas em Nova Iorque, Portugal foi eleito pela primeira vez membro do Conselho de Direitos Humanos, tendo recebido 184 votos, de um total de 186 países presentes e votantes, de entre 193 membros, passando a ocupar uma das duas vagas destinadas a países do Grupo da Europa Ocidental e Outros Estados, em que se insere. Os votos recebidos por Portugal correspondem à quarta votação mais elevada no quadro dos 5 grupos regionais em que se distribuem as 15 vagas e à maior votação de sempre no quadro do Grupo regional em que está inserido.

O mandato tem a duração de três anos e inicia-se no dia 1 de janeiro de 2015, com os demais 14 países eleitos e reeleitos na mesma data, Albânia, Bangladesh, El Salvador, Gana, Letónia, Nigéria, Paraguai, Países Baixos e Qatar, e Bolívia, Botswana, Congo, Índia e Indonésia, respectivamente.  

O Conselho, criado em 2006 para substituir a Comissão de Direitos Humanos, zela pela proteção e promoção dos Direitos Humanos em todo o mundo.

Consulte aqui a página do Governo de Portugal.