Embaixada de Portugal em Estocolmo - Suécia

  • Aumentar o tamanho da fonte
  • Tamanho padrão da fonte
  • Diminuir tamanho da fonte
Home Caminhos Film Festival
Versão para impressão

Caminhos Film Festival

Os Caminhos do Cinema Português, desde a sua primeira edição, têm desenvolvido uma actividade regular na divulgação do cinema português e têm como objectivo principal a exibição de obras cinematográficas emblemáticas de produção nacional. O lema do Festival é mostrar "Todo o Cinema Português".

A inscrição de filmes para a 22ª Edição do festival, que decorrerá entre 19-26 de Novembro de 2016 em Coimbra, é realizada através da plataforma FilmFreeWay até ao dia 10 de Setembro na página http://filmfreeway.com/festival/caminhos.

A aposta em chegar a todos os públicos fica em causa sem a participação de filmes produzidos. Na Selecção Caminhos serão admitidos a concurso todos os filmes, de produção ou co-produção nacional, concluídos desde a edição transacta do Festival, ou que não tenham sido inscritos e/ou seleccionados em edições anteriores. Os filmes produzidos em contexto de formação, nacional ou internacional, deverão ser inscritos na Selecção Ensaios nas mesmas condições.

 

embaixada_front-sm
Contactos
Narvavägen 30-32  2 Tr
115 22 Estocolmo
Suécia
Tel: +46 (0)8 545 670 60
[Ver Detalhe]
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária

Destaques

   

O 25 de Abril e a Diplomacia

No plano internacional, o poder político saído do movimento militar do 25 de Abril de 1974 foi rapidamente reconhecido pelos principais aliados e países amigos de Portugal, assim como por outras potências com as quais o país não mantinha relações diplomáticas. Os primeiros contactos para dar a conhecer as grandes linhas do Programa do MFA e as intenções da Junta da Salvação Nacional foram em boa medida conduzidos por Mário Soares (recentemente regressado do exílio), em breve nomeado ministro dos Negócios Estrangeiros do I Governo Provisório. A diversificação das relações exteriores de Portugal, o estreitamento dos laços com os países europeus, e o apoio ao dossier da descolonização foram algumas das principais prioridades das novas autoridades nos meses seguintes. Para além das novas perspectivas geradas pela mudança de regime (das quais se destacaria a aproximação às Comunidades Europeias a partir de 1977), o 25 de Abril constituiu igualmente um momento de abertura no tocante à própria actividade diplomática, com os novos concursos de admissão ao MNE a tornarem possível o ingresso das mulheres na profissão. 

No site da Associação dos Amigos do Arquivo Histórico-Diplomático são dados a conhecer alguns documentos relativos a este período, bem como uma tabela que dá conta da expansão das relações diplomáticas do país após 1974. Para mais informações, clique aqui.