Embaixada de Portugal em Estocolmo - Suécia

  • Aumentar o tamanho da fonte
  • Tamanho padrão da fonte
  • Diminuir tamanho da fonte
Home SIMPLEX+2017. Convite à participação com contributos para a modernização das rede e serviços consulares
Versão para impressão

SIMPLEX+2017. Convite à participação com contributos para a modernização das rede e serviços consulares

Um novo SIMPLEX é um dos compromissos do Programa do XXI Governo Constitucional, constituindo um dos instrumentos fundamentais para concretizar o seu triplo desígnio: mais crescimento, mais e melhor emprego e maior igualdade.

Em janeiro de 2016, decorridos 10 anos do lançamento do primeiro programa SIMPLEX, foi lançado o SIMPLEX+. Este novo SIMPLEX mantém a marca original de programa nacional único, transversal a todas as áreas de intervenção do Estado, mas projeta as marcas de um tempo novo. É um SIMPLEX+ participado e +co-criado.

O SIMPLEX+ tem na sua base uma abordagem centrada nas necessidades e prioridades dos cidadãos e das empresas, identificadas e elencadas através da utilização de diferentes instrumentos de audição e participação. Por isso, para construção do SIMPLEX+2016, o país foi percorrido para ouvir os cidadãos e empresários, em encontros abertos à participação de todos (Volta Simplex), foram efetuadas reuniões com associações empresariais, com autarquias e com muitas outras entidades públicas e privadas. Mas para a construção do SIMPLEX+2016 foi também fundamental o envolvimento e participação de todos os que trabalham nos serviços públicos e em todas as áreas de intervenção do Estado.

O SIMPLEX+2016 está em curso e está a ser monitorizada a implementação das 255 medidas apresentadas em maio de 2016. É agora tempo de começar a construir o SIMPLEX+2017. Para isso, o contributo de todos é importante. Não apenas dos cidadãos e das empresas. Não apenas dos portugueses que vivem em e trabalham em Portugal, mas também das nossas comunidades no estrangeiro.

Assim, todos os portugueses estão convidados a efetuar o preenchimento do formulário que está disponível no site do SIMPLEX+ (www.simplex.gov.pt), canal privilegiado para construção do SIMPLEX+2017.

 

embaixada_front-sm
Contactos
Narvavägen 30-32  2 Tr
115 22 Estocolmo
Suécia
Tel: +46 (0)8 545 670 60
[Ver Detalhe]
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária

Destaques

Recenseamento Eleitoral

Cara/o Concidadã/ão,

A Embaixada de Portugal em Estocolmo informa que se encontra já reaberto o processo de recenseamento eleitoral, pelo que convidamos todos os Portugueses residentes na Suécia e Letónia a visitar a Secção Consular desta Embaixada (em Narvavägen 30, 2.º andar, em Estocolmo) ou o Consulado Honorário de Portugal em Gotemburgo (em Kungsportsavenyen 2, Gotemburgo) com vista à realização desse ato, que terá que ser presencial.

Poderá, se assim o preferir, realizar o agendamento da visita através do endereço de correio eletrónico seccaoconsular@embassyportugal.se ou pelo telefone 08-54567067/64, nos horários de atendimento ao público indicados na nossa página de internet, www.embassyportugal.se. O Consulado Honorário em Gotemburgo pode ser contactado pelo endereço cpgot@icloud.com ou pelo telefone (0)31201890 nos horários igualmente divulgados na página de internet referida.

As operações de inscrição no recenseamento eleitoral decorrem a todo o tempo, sendo apenas suspensas 60 dias antes de cada eleição ou referendo, e até à sua realização, podendo, no entanto, estipula a lei, ainda inscrever-se até ao 55.° dia anterior ao dia da votação os cidadãos que completem 18 anos até ao dia da eleição ou referendo.

A identificação é feita pela apresentação do Cartão de Cidadão ou do Bilhete de Identidade e a residência certificada com esse documento ou com o título de residência emitido pelas autoridades suecas ou, no caso dos residentes na Letónia, letãs. Eventuais questões encontram igualmente resposta na página consular desta Embaixada no portal http://www.secomunidades.pt.

Todos os cidadãos portugueses maiores de 17 anos têm o direito, mas também o dever, de promover a sua inscrição no recenseamento eleitoral, bem como de verificar se estão inscritos e, em caso de erro ou omissão, de requerer a respectiva rectificação.

Estar inscrito na Secção Consular não significa que esteja recenseado. E para poder votar tem obrigatoriamente que estar recenseado.

Muito obrigado.

Com os melhores cumprimentos,

A Secção Consular da Embaixada de Portugal de Estocolmo

A presente carta pode também ser consultada aqui.