Embaixada de Portugal em Estocolmo - Suécia

  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Home Lisboa Capital Ibero-Americana da Cultura 2017
Print
There are no translations available.

Lisboa Capital Ibero-Americana da Cultura 2017

Lisboa é, desde 9 de janeiro e até 22 de dezembro, a capital Ibero-Americana da Cultura 2017, com uma programação que incui mais de 150 atividades, entre exposições e concertos, peças de teatro, visitas guiadas, residencias artísticas, exibição de filmes, colóquios, "workshops", um festival de arte urbana, espetáculos de dança, um festival de narração oral e uma feira do livro de fotografia.

A inauguração da exposição "Al final del paraíso", do artista mexicano Démian Flores, que teve lugar na galeria do Padrão dos Descobrimentos, marcou a abertura da programação, que pode ser consultada em www.lisboacapitaliberoamericana.pt.

Mais informação também disponível em:

 

embaixada_front-sm
Contactos
Narvavägen 30-32  2 Tr
115 22 Estocolmo
Suécia
Tel: +46 (0)8 545 670 60
[Ver Detalhe]
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

Destaques

There are no translations available.

Portugal eleito membro do Conselho dos Direitos Humanos

No dia 21 de outubro de 2014, por votação na Assembleia Geral das Nações Unidas em Nova Iorque, Portugal foi eleito pela primeira vez membro do Conselho de Direitos Humanos, tendo recebido 184 votos, de um total de 186 países presentes e votantes, de entre 193 membros, passando a ocupar uma das duas vagas destinadas a países do Grupo da Europa Ocidental e Outros Estados, em que se insere. Os votos recebidos por Portugal correspondem à quarta votação mais elevada no quadro dos 5 grupos regionais em que se distribuem as 15 vagas e à maior votação de sempre no quadro do Grupo regional em que está inserido.

O mandato tem a duração de três anos e inicia-se no dia 1 de janeiro de 2015, com os demais 14 países eleitos e reeleitos na mesma data, Albânia, Bangladesh, El Salvador, Gana, Letónia, Nigéria, Paraguai, Países Baixos e Qatar, e Bolívia, Botswana, Congo, Índia e Indonésia, respectivamente.  

O Conselho, criado em 2006 para substituir a Comissão de Direitos Humanos, zela pela proteção e promoção dos Direitos Humanos em todo o mundo.

Consulte aqui a página do Governo de Portugal.