Embaixada de Portugal em Estocolmo - Suécia

  • Aumentar o tamanho da fonte
  • Tamanho padrão da fonte
  • Diminuir tamanho da fonte
Home Lisboa Capital Ibero-Americana da Cultura 2017
Versão para impressão

Lisboa Capital Ibero-Americana da Cultura 2017

Lisboa é, desde 9 de janeiro e até 22 de dezembro, a capital Ibero-Americana da Cultura 2017, com uma programação que incui mais de 150 atividades, entre exposições e concertos, peças de teatro, visitas guiadas, residencias artísticas, exibição de filmes, colóquios, "workshops", um festival de arte urbana, espetáculos de dança, um festival de narração oral e uma feira do livro de fotografia.

A inauguração da exposição "Al final del paraíso", do artista mexicano Démian Flores, que teve lugar na galeria do Padrão dos Descobrimentos, marcou a abertura da programação, que pode ser consultada em www.lisboacapitaliberoamericana.pt.

Mais informação também disponível em:

 

embaixada_front-sm
Contactos
Narvavägen 30-32  2 Tr
115 22 Estocolmo
Suécia
Tel: +46 (0)8 545 670 60
[Ver Detalhe]
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária

Destaques

 

Dias da Memória da Grande Guerra: 17, 18 e 19 de outubro - Assembleia da República, Lisboa

A Assembleia da República (AR) acolhe nos dias 17, 18 e 19 de outubro, nas suas instalações na Rua de São Bento, em Lisboa, quem pretenda dar a conhecer diários, relatos, cartas, postais, fotografias, poemas ou outras formas literárias, desenhos, pinturas, esculturas, mapas, medalhas, fartas, kits de sobrevivência, partes de equipamentos militares, etc., relacionados com a participação de Portugal na I Guerra Mundial de 1914-1918.
 
O propósito desta iniciativa é apelar à participação do cidadão na evocação do Centenário da Grande Guerra com as memórias de que disponha e que documentem não só a participação de portugueses nos campos de batalha da Europa e da África, mas também as suas atitudes face à guerra e o modo como se traduziu o impacto e consequências da Guerra no dia-a-dia do Portugal de há cem anos.
 
Os visitantes serão acolhidos na AR por especialistas a quem facultarão os materiais para digitalização e fotografia e para ser disponibilizada na Internet através do projeto "Memórias da I Grande Guerra Mundial 1914-1918" (https://www.facebook.com/memoriasdaguerra%20e%20em%20www.portugal1914.org).
 
A iniciativa já ocorreu em diversos países, muitas vezes sob a designação de "collection days" e está associada ao projeto internacional de digitalização de conteúdos financiado pela União Europeia, a "Europeana 1914-1918". O Arquivo Histórico Diplomático, o Arquivo Histórico Militar, a Biblioteca Nacional, municípios, a Guarda Nacional Republicana, entre outras instituições, têm, através do Instituto de História Contemporânea da Universidade Nova de Lisboa, prestado colaboração aos projetos "Memórias da I Grande Guerra Mundial" e "Europeana 1914-1918" em www.europeana1914-1918.eu/pt.
 
Nos casos em que se verifique impossibilidade de deslocação nas datas referidas à AR, poderão ser enviadas recordações ou solicitadas informações adicionais a memoriasdeguerra@portugal1914.org ou consultados os sítios www.europeana1914-1918.comwww.portugal1914.org. Em ponderação está a criação de iniciativas semelhantes em outros pontos do país e, eventualmente, no estrangeiro.