Embaixada de Portugal em Estocolmo - Suécia

  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Home Portuguese Culture and Language
Print

Portuguese Culture and Language

fpessoa8fpessoa8

The poet Fernando Pessoa once wrote: «My Country is my language».  And for more than 200 million people spread out throughout Europe, Africa, South America and Asia this country is called the Portuguese Language.

Portuguese is currently the fifth most spoken language in the world and an official language of countries as varied as Portugal, Brazil, Angola, Cape Verde, Guinea-Bissau, Mozambique, São Tome and Principe and East Timor. It is also used in Macau, territory under Portuguese administration until December 1999, and in Goa. It is also the base of around twenty Creole languages and an important minority language in Andorra, Luxemburg, Namibia, Switzerland and South Africa, as well as spoken in numerous existing migrant communities.

It is this universality of the Portuguese language that unites Portuguese, Brazilians, many Africans and some Asians, through the recognition of a common cultural heritage, and despite not forming a continuous country, but present in large regions separated and spread out through different continents, and the fact that it is not exclusive to one community, but is felt as its own, equally, in distant communities, showing a great internal diversity, according to the regions and groups which use it.

A language of culture such as Portuguese, the carrier of a long history, which serves as raw material and a product of a variety of literatures, an instrument of global affirmation of various societies, is not fully encapsulated within the description of its linguistic system. A language such as this lives in history, in society and in the world.

It has an existence shaped and conditioned by great human movements and, at present, through the existence of those groups that speak it.

This means that the Portuguese spoken all around the world, in the meantime harmonized by an importante Orthographic Agreement, continues to be felt as a single language, vehicle of communication by excellency and, possibly, the most powerful of the ties uniting the countries that use it.

In webpage of the Portuguese Presidency of the European Union 2007

 

To know more:

- Centro Virtual Instituto Camões www.cvc.instituto-camoes.pt

- Centro de Informação Europeia Jacques Delors www.eurocid.pt/pls/wsd/wsdwcot0.detalhe?p_cot_id=775

 

 

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

Destaques

There are no translations available.

SIMPLEX+2017. Convite à participação com contributos para a modernização das rede e serviços consulares

Um novo SIMPLEX é um dos compromissos do Programa do XXI Governo Constitucional, constituindo um dos instrumentos fundamentais para concretizar o seu triplo desígnio: mais crescimento, mais e melhor emprego e maior igualdade.

Em janeiro de 2016, decorridos 10 anos do lançamento do primeiro programa SIMPLEX, foi lançado o SIMPLEX+. Este novo SIMPLEX mantém a marca original de programa nacional único, transversal a todas as áreas de intervenção do Estado, mas projeta as marcas de um tempo novo. É um SIMPLEX+ participado e +co-criado.

O SIMPLEX+ tem na sua base uma abordagem centrada nas necessidades e prioridades dos cidadãos e das empresas, identificadas e elencadas através da utilização de diferentes instrumentos de audição e participação. Por isso, para construção do SIMPLEX+2016, o país foi percorrido para ouvir os cidadãos e empresários, em encontros abertos à participação de todos (Volta Simplex), foram efetuadas reuniões com associações empresariais, com autarquias e com muitas outras entidades públicas e privadas. Mas para a construção do SIMPLEX+2016 foi também fundamental o envolvimento e participação de todos os que trabalham nos serviços públicos e em todas as áreas de intervenção do Estado.

O SIMPLEX+2016 está em curso e está a ser monitorizada a implementação das 255 medidas apresentadas em maio de 2016. É agora tempo de começar a construir o SIMPLEX+2017. Para isso, o contributo de todos é importante. Não apenas dos cidadãos e das empresas. Não apenas dos portugueses que vivem em e trabalham em Portugal, mas também das nossas comunidades no estrangeiro.

Assim, todos os portugueses estão convidados a efetuar o preenchimento do formulário que está disponível no site do SIMPLEX+ (www.simplex.gov.pt), canal privilegiado para construção do SIMPLEX+2017.