Embaixada de Portugal em Estocolmo - Suécia

  • Aumentar o tamanho da fonte
  • Tamanho padrão da fonte
  • Diminuir tamanho da fonte
Home Cultura e Língua Portuguesas
Versão para impressão

Cultura e Língua Portuguesas

fpessoa8fpessoa8

O poeta Fernando Pessoa escreveu um dia: «A minha Pátria é a minha língua». E para mais de 200 milhões de pessoas espalhadas pela Europa, África, América do Sul e Ásia essa pátria chama-se Língua Portuguesa.

O português é, actualmente, a quinta língua mais falada do mundo e o idioma oficial de Portugal, Brasil, Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. É também utilizado em Macau, território sob a administração portuguesa até 1999, e em Goa. O português está, ainda, na base de cerca de vinte línguas crioulas e afirma-se como importante idioma minoritário em países como Andorra, Luxemburgo, Namíbia, Suíça e África do Sul, por obra das numerosas comunidades portuguesas ali radicadas.

É esta universalidade da língua portuguesa que une portugueses, brasileiros, muitos africanos e alguns asiáticos, reconhecendo nela um património cultural comum. Apesar de não dispor de um território contínuo, mas de vastas regiões separadas e espalhadas por vários continentes, e o facto de não ser privativa de uma comunidade, mas ser sentida como sua, por igual, em comunidades distanciadas, manifesta uma grande diversidade interna, consoante as regiões e os grupos que a usam.

Uma língua de cultura como o Português, portadora de longa história, que serve de matéria-prima e é produto de diversas literaturas, instrumento de afirmação mundial de diversas sociedades, não se esgota na descrição do seu sistema linguístico: uma língua como esta vive na história, na sociedade e no mundo.

Tem uma existência que é motivada e condicionada pelos grandes movimentos humanos e, imediatamente, pela existência dos grupos que a falam.

Significa isto que o português falado em todo o mundo, entretanto harmonizado por um importante Acordo Ortográfico, continua a ser sentido como uma só língua, veículo de comunicação por excelência e, porventura, o mais poderoso dos laços que unem os povos que o utilizam.

  

In página da Presidência Portuguesa da União Europeia 2007

 

Para saber mais:

- Centro Virtual Instituto Camões www.cvc.instituto-camoes.pt

- Centro de Informação Europeia Jacques Delors www.eurocid.pt/pls/wsd/wsdwcot0.detalhe?p_cot_id=775

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária

Destaques

Notícia sobre as Comemorações “UE 30 anos – 10 debates”

Este ano celebram-se os 30 anos da entrada de Portugal na União Europeia, tendo Portugal aderido à então CEE a 1 de Janeiro de 1986.
Nestas três décadas, muita coisa mudou na Europa e em Portugal. O nosso país esteve envolvido nas fases mais significativas da integração europeia, como a implementação do Mercado Interno e de Livre Circulação de Pessoas e Bens na adoção da Moeda Única.
Durante este tempo, também dentro de fronteiras se operaram mudanças profundas. Consolidámos a nossa democracia e o país viu aumentar o seu bem-estar e o seu desenvolvimento.
O mundo alterou-se e essas transformações fizeram-se sentir. Atualmente, a crise do euro associada à crise dos refugiados, ao problema do terrorismo e ao surgimento de um questionamento do projeto europeu e da identidade europeia, nomeadamente por parte do Reino Unido, têm vindo a abalar a confiança dos cidadãos europeus nesta União.
Assim, com o intuito de reaproximar os cidadãos do projeto europeu, a Secretaria de Estado dos Assuntos Europeus decidiu organizar, ao longo do ano de 2016, um ciclo de 10 debates a nível nacional, a realizar no continente e ilhas, com vista ao debate de temas como a Liberdade de Circulação, a Igualdade, o Ambiente, a Educação e a Cultura, entre outros.
Pretende-se desta forma avaliar, não só o impacto das políticas europeias no nosso país, mas também qual a visão que portugueses têm desta União Europeia, obtendo o contributo de todos os intervenientes para a construção de uma Europa melhor, mais produtiva, igualitária e em crescimento.

Em baixo pode encontrar o vídeo alusivo a esta data simbólica, com o testemunho da Secretária de Estado dos Assuntos Europeus:

https://www.youtube.com/watch?v=ZThWgYBuXs4&list=PLHQ3AudRfzk_hrdmNvS2GoAAcVY8HyM4e